A história das coisas: consumismo consciente ou propaganda anticapitalista?



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Milhões de pessoas assistiram “The Story of Stuff”. Mas nem todos concordam que é uma cartilha perfeita sobre o consumismo consciente.

Foto: Yoshimai

Talvez você seja um dos milhões de pessoas que assistiram "The Story of Stuff".

Se não estiver, então aqui está uma visão geral rápida: "The Story of Stuff" é um vídeo feito por Annie Leonard, uma ativista ambiental e ex-funcionária do Greenpeace que está profundamente preocupada com a cultura de consumo de massa e seus efeitos no meio ambiente.

Leonard colocou o vídeo online no final de 2007 e ele se tornou o que o New York Times chamou recentemente de "um sucesso inesquecível". Embora seja gratuito online (tanto no site The Story of Stuff quanto no YouTube), milhares de igrejas e escolas encomendaram suas próprias cópias para que possam ensinar seus membros sobre como nossas compras impactam o mundo em que vivemos.

“The Story of Stuff” foi elogiada porque é simples sem ser insultante, informativa sem ser seca e excessivamente didática. Transmite uma mensagem sem ser dolorosamente enfadonho. E é estimulada a conversa on-line e off-line, encorajando as pessoas a compartilhar ideias sobre como podem levar a mensagem de Leonard e torná-la real em suas próprias vidas:

Mas nem todo mundo está tão entusiasmado com "The Story of Stuff". Um pai nos Estados Unidos, irritado com o fato de seu filho ter sido exposto ao vídeo na escola, argumentou que “The Story of Stuff” era apenas propaganda anticapitalista. Em sua reclamação ao conselho escolar local, ele reclamou: “Não havia nada de positivo sobre o capitalismo em tudo isso”.
O conselho escolar concordou, determinando que a exibição do vídeo violava as políticas da escola.

E esse cara não é de forma alguma uma anomalia.

Uma rápida leitura do tópico de comentários na conta do YouTube de “The Story of Stuff” mostra que muitas pessoas confundiram a mensagem de Leonard de consumismo consciente com comunismo.

“Alguém falaria a este commie idiota # * & $% sobre economias de escala.” escreveu um comentarista.

Outro: “Jesus enviros e seus lacaios [sic] são trogloditas”.

Isso é bom para rir, talvez, mas é uma pena que alguns espectadores (presumiremos que eles assistiram ao vídeo, certo?) Tenham exagerado "The Story of Stuff" e achem que devemos ser mais conscientes sobre nosso padrões de compra uma ameaça ao capitalismo.


Assista o vídeo: Consumismo de brechó - precisamos mudar nosso comportamento


Artigo Anterior

Primeira tentativa de subida de uma grande parede maciça em Bornéu

Próximo Artigo

Finalmente, uma bolsa para podcasters de viagens!